Blog do Escritório

Peck News: Estudo de Caso

Na Era dos Dados, um dos procedimentos indispensáveis para o bom desempenho das empresas é a realização periódica de backups. Atualmente, a complexidade do armazenamento das informações é tanta que há a classificação por níveis, e essa escolha depende de fatores como a importância e a criticidade dos dados e a periodicidade em que são inseridas novos conteúdos. Nesta edição do Estudo de Caso, o Dr. Márcio Mello Chaves comenta outro aspecto importante, que vai além do armazenamento. É a aplicação de normas de Segurança da Informação nessas soluções oferecidas, tendo como exemplo o trabalho que foi realizado junto à Eco IT, empresa que atua no segmento de computação em nuvem no Brasil, cujo estudo de caso foi autorizado para disseminar as melhores práticas de blindagem legal dos negócios digitais.

Assista AQUI o bate-papo do advogado especialista em #DireitoDigital com Vinicius Durbano, CEO da Eco IT.


Os recentes incidentes de ransomware e demais males digitais que certamente terão sua incidência aumentada nos próximos meses servem de alerta para uma necessidade extremamente básica mas frequentemente esquecida: as normas de segurança da informação, em especial de backup e restore e respostas à incidentes. O Peck Advogados auxiliou a Eco IT na elaboração da norma de backup e restore que é ofertada para seus clientes como um diferencial de mercado, permitindo assim complementar os serviços prestados pela empresa e fechar o círculo da segurança da informação para seus clientes. A utilização de ferramentas tecnológicas, aliadas ao comportamento seguro e à existência e exigência de seguir regras que visam a segurança da empresa podem significar passar incólume por essas ondas de ataques sem prejuízos que vão desde a produtividade até mesmo passivos cíveis decorrentes de vazamentos e perdas de dados.

Saiba mais: ecoit.com.br