Blog do Escritório

Peck News: Estudo de Caso

Quase metade dos incidentes de segurança da informação são causados por funcionários. Relatório da Kaspersky Lab mostra que 52% das empresas admitem que suas equipes são o elo mais fraco em sua segurança. Quando se trata de ataques direcionados, o descuido dos funcionários é uma das maiores brechas na blindagem da segurança virtual corporativa. Embora os hackers modernos possam usar malware sob medida e técnicas de alta tecnologia para planejar um roubo, é provável que comecem explorando o ponto de entrada mais frágil: a natureza humana.

No Estudo de Caso deste mês, com a participação da Dra. Caroline Teófilo, destacamos recente decisão na qual o colaborador foi demitido por publicar vídeo contendo imagens internas do local de trabalho:

“O colaborador A publicou vídeo para os colegas de um evento comemorativo interno do empregado, contendo imagens não autorizadas de um cliente menor de idade em situação de exposição demasiada. Sendo negado provimento à todos os recursos interpostos na tentativa de reversão da dispensa por justa causa.”

A atividade do colaborador impacta não só a sua carreira profissional, mas também a família do menor de idade e também a imagem do empregador. Muitas pessoas podem ser afetadas, e de modo permanente, por atitudes das quais as consequências não são percebidas.

Prevenir é sempre melhor do que remediar! Todos os colaboradores precisam ser treinamentos na Sociedade Digital com palestras de conscientização e treinamentos em Segurança da Informação, além de Políticas e Normas claras, formalizadas e divulgadas.